Página inicial > Nuvens > Cirrocumulus

 


Cirrocumulus são nuvens delgadas, compostas de elementos muito pequenos, em forma de grânulos e rugas e estão dispostas de forma mais ou menos regular. Indicam turbulência. São constituídas por cristais de gelo, e as poucas gotículas de água existentes logo se solidificam.

 

São transparentes o suficiente para deixarem a luz do Sol passar, e corona e iridescência podem ser observadas. Se formam em altitudes entre 6 e 12 km. São nuvens muito finas, com uma textura regular (com um efeito ondulado, com a aparência de escamas de peixe) formada por elementos pequenos com a forma de pontos, retalhos ou camadas.

 

Formam-se em massas de ar com alguma instabilidade, quando a umidade e a temperatura são relativamente baixas. Confundem-se, por vezes, com Altocumulus, mas distinguem-se delas porque têm uma massa individual menor e não têm sombras, mostrando que estão a altitudes muito elevadas. É um dos tipos de nuvem menos comuns e forma-se geralmente a partir de Cirrus ou Cirrostratus.

 

 

Subtipos:

Undulatus: são manchas ou camadas de pequenos grãos dispostos em faixas. Elas têm uma aparência ondulada devido ao cisalhamento de vento e costumam cobrir apenas uma pequena porção do céu. Ocasionalmente, elas formam duas ou mais formas de onda sobrepostas umas sobre as outras. Abaixo, fotos de Cirrocumulus undulatus. Clique para ampliar.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Castellanus: apresentam, na parte superior, protuberâncias cumuliformes em forma de pequenas torres, o que dá geralmente a estas nuvens um aspecto denteado. Essas pequenas torres, das quais algumas são mais altas que largas, geralmente ficam sobre uma base comum e parecem dispostas em linha. Cirrocumulus castellanus indicam instabilidade na altitude em que são formadas. Abaixo, fotos e vídeo de Cirrocumulus castellanus. Clique para ampliar.

Cirrocumulus castellanus vistas em João Pessoa, Paraíba, em 21/03/2010 (entre 0:40 e 0:49).

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Floccus: cada elemento da nuvem é constituído por um pequeno floco de aspecto cumuliforme, cuja parte inferior, esfarrapada, é comumente acompanhada de virga (virga é quando os cristais de gelo ou as gotículas de água não conseguem mais se sustentar e caem em forma de vírgula, sem atingir o solo). Abaixo, fotos e vídeo de Cirrocumulus floccus. Clique para ampliar.

Cirrocumulus floccus vistas em João Pessoa, Paraíba, em 15/03/2013 (a partir de 0:19).

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------


Lenticularis: têm forma de lentes ou amêndoas, geralmente bastante alongadas e cujos contornos estão normalmente bem delimitados; apresentam às vezes iridescência e corona. Estas nuvens aparecem muitas vezes na formação de nuvens de origem orográfica (perto de montanhas), mas elas podem igualmente ser observadas em regiões sem orografia acentuada. Normalmente, essas "lentes" são quase estacionárias e indicam a aproximação de tempestades, principalmente se forem acompanhadas de iridescência. Abaixo, fotos de Cirrocumulus lenticularis. Clique para ampliar.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Lacunosus: apresentam-se em bancos, lençóis ou camadas, geralmente muito delicadas, caracterizadas pela presença de filtros límpidos e arredondados, distribuídos de maneira mais ou menos regular, e dos quais vários apresentam as bordas esfiapadas. Os elementos das nuvens e os furos límpidos estão dispostos, muitas vezes, de tal maneira, que o seu aspecto é o de uma rede ou de um favo de mel. Abaixo, fotos de Cirrocumulus lacunosus. Clique para ampliar.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Stratiformis: apresentam-se expandidas em camadas, ou em lençol horizontal de grande extensão, muitas vezes com ondulações. São as mais raras do tipo. Abaixo, fotos de Cirrocumulus stratiformis. Clique para ampliar.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Mammatus: ver Mammatus

 

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Virga: é quando os cristais de gelo ou as gotículas de água não conseguem mais se sustentar e caem em forma de vírgula, sem atingir o solo.

 

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Fontes:

 
http://www.avvsilva.net/desc.htm
http://www.master.iag.usp.br/ensino/Sinotica/AULA05/AULA05.HTML
http://www.fisica.ufc.br/lfnm/html/nuvens.html
http://nephology.eu/cirrocumulus
http://nephology.eu/cirrocumulus/cirrocumulus-castellanus
http://nephology.eu/cirrocumulus/cirrocumulus-lenticularis

Gavin Pretor-Pinney (2007). The Cloudspotter's Guide: The Science, History, and Culture of Clouds. Perigee Books. p. 204. ISBN 9780399533457

Dunlop, Storm (2003). The Weather Identification Handbook (1st Lyons Press ed. ed.). Guilford, Conn.: Lyons Press. p. 66-67. ISBN 1-58574-857-9

 

 

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Reclamações? Dúvidas? Sugestões? Elogios? Envie sua mensagem preenchendo o formulário abaixo.

 

Please enter the code:

Note: Please fill out the fields marked with an asterisk.