Página inicial > Nuvens > Noctilucentes

 


As nuvens noturnas luminosas (ou noctilucentes) parecem-se com Cirrus tênues, mas geralmente apresentam uma coloração azulada ou prateada, algumas vezes alaranjada ou vermelha, e destacam-se sobre o fundo escuro do céu noturno. Elas são as nuvens mais altas da Terra, o que é provado em medições realizadas, que mostraram que elas se situam em altitudes entre 75 e 90 quilômetros.

 

A constituição física das noctilucentes é ainda desconhecida, mas há certas razões para se pensar que sejam constituídas por poeiras cósmicas muito finas. Por incrível que possa parecer, evidências recentes indicam que pelo menos algumas dessas nuvens noctilucentes resultam da água congelada expelida pelos ônibus espaciais da NASA.

As noctilucentes só são observadas muito raramente, nos meses de verão, em latitudes entre 50º e 70º ao norte e ao sul do Equador e com o Sol entre 5º e 13º abaixo do horizonte. A primeira vez que as nuvens noctilucentes foram observadas foi em 1885, dois anos depois da erupção do vulcão Krakatoa, na ilha de Java. Abaixo, fotos de noctilucentes. Clique para ampliar.

 

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Fontes:

 

http://www.fisica.ufc.br/lfnm/html/nuvens.html

http://en.wikipedia.org/wiki/Noctilucent_cloud

 

 

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Reclamações? Dúvidas? Sugestões? Elogios? Envie sua mensagem preenchendo o formulário abaixo.

 

Please enter the code:

Note: Please fill out the fields marked with an asterisk.