Página inicial > Nuvens > Rastros de condensação e de dissipação

 


Os rastros ou trilhas de condensação (contrails) são nuvens que se formam no rastro de um avião em altas altitudes quando a atmosfera, ao nível do voo, está suficientemente fria e úmida, e a temperatura do ar é suficientemente baixa para fazer com que o vapor de água congele instantaneamente, formando um rastro de cristais de gelo.

 

Quando de formação recente, têm o aspecto de riscos brancos brilhantes; mas, ao fim de pouco tempo, podem apresentar protuberâncias pendentes (mammatus), com a forma de cogumelos invertidos. Muitas vezes, a existência desses rastros é curta, mas, particularmente quando há presença de Cirrus ou de Cirrostratus, eles podem persistir durante várias horas.

 

Os rastros persistentes alargam-se progressivamente e transformam-se, muitas vezes, em grandes bancos felpudos ou fibrosos, tendo o aspecto de Cirrus ou de bancos de Cirrocumulus ou Cirrostratus; com efeito, é, às vezes, muito difícil fazer a distinção entre as nuvens desses gêneros e os rastros de formação antiga.

 

O fator principal que influencia na formação dos rastros de condensação é o resfriamento dos gases de escoamento que, em consequência da combustão do carburante, têm um forte teor de vapor de água. Rastros fugazes formam-se, às vezes, como consequência da expansão do ar nas extremidades das pás das hélices e das asas.

As trilhas de condensação não causam nenhum efeito à aviação em geral, porém em tempos de guerra são de extrema importância sua previsão e localização, pois denunciam a presença dos aviões inimigos invadindo um território. Abaixo, fotos de trilhas de condensação. Clique para ampliar.

 

Há o caso também em que aviões passam por uma camada de nuvem e provocam uma dissipação de parte dela, fazendo um efeito contrário ao rastro de vapor, ou seja, um "corredor de céu limpo” (trilha de dissipação ou distrail) em meio a uma camada de nuvens. Muito raramente, um distrail pode se transformar em um buraco de nuvens: um grande buraco elíptico em nuvens Altocumulus, com uma virga no meio (os buracos fallstreak). Abaixo, fotos de trilhas de dissipação. Clique para ampliar.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------- 

 

Fontes:

 

http://www.fisica.ufc.br/lfnm/html/nuvens.html

http://www.telescopiosnaescola.pro.br/mne/Nuvens/nuvens_especiais.pdf

 

 

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Reclamações? Dúvidas? Sugestões? Elogios? Envie sua mensagem preenchendo o formulário abaixo.

 

Please enter the code:

Note: Please fill out the fields marked with an asterisk.