Página inicial > Raios > Medidas de proteção contra os raios

 


Medidas de proteção contra os raios

A melhor proteção contra raios é oferecida pelo para-raios, aparelho relativamente simples desenvolvido por Benjamin Franklin em 1752. Consta de três elementos principais - um mastro de mais ou menos um metro de altura, com captador, aterramento e cabo de ligação preso a isoladores. Embora a simplicidade, os parâmetros obedecem a especificações técnicas que obrigam a contratação de pessoal ou firma com qualificações adequadas para a instalação do para-raios.

A zona de atuação do para-raios faz um ângulo de 55º com a ponta do captador, formando um cone de segurança. Mas atenção: o único tipo de para-raios permitido é o "Franklin", já que o "radioativo", que funciona com amerício 241, está proibido desde 19 de abril de 1989.

A zona de proteção que o para-raios oferece é um círculo em torno do edifício de raio aproximadamente igual a duas vezes e meia a altura do edifício. Por exemplo, um edifício de 40 metros de altura oferece proteção dentro de um círculo ao seu redor de 100 metros, aproximadamente.

O uso de para-raios é obrigatório para toda e qualquer edificação com mais de 30 metros de altura e a áreas destinadas a depósitos de explosivos ou inflamáveis. O cabo de descida ou escoamento do para-raios deverá passar distante de materiais de fácil combustão e de outros onde possa causar danos.

 

A instalação dos para-raios deverá ser feita em um local de menor extensão até o solo e o mais vertical possível. A instalação do para-raios deverá obedecer ao que determinam as normas próprias vigentes, sendo da inteira responsabilidade do instalador a obediência às mesmas.     

Como nem sempre se pode contar com a proteção de um para-raios, é conveniente saber que, durante uma tempestade:

1. É extremamente perigoso ficar em espaços abertos, praias, piscinas, botes, topos de elevações e embaixo de árvores isoladas.


2. É também perigoso estar próximo a postes, torres e redes de alta tensão, cercas metálicas, varais de roupas, em um carro sem capota (trator, motos, bicicletas, etc.) ou com porta ou janela abertos, perto de trilhos, sobre um cavalo e dentro de casa frente a uma janela aberta.  

 
3. O refúgio mais seguro é uma construção sólida protegida com para-raios, grandes prédios, automóveis com janelas e capotas fechadas, cavernas ou um grupo de árvores (bosque), caso não haja outra opção melhor.


4. Dentro de casa, afaste-se de objetos metálicos e de janelas e portas abertas. Não fale ao telefone (a não ser que seja celular ou telefone sem fio), não tome banho e desligue os aparelhos elétricos das tomadas.
     
5. Em muitas ocasiões, durante uma tempestade, uma pessoa pode sentir que vai ser atingida por um raio. Quando isso acontece, a pele começa a formigar e os pelos do corpo se arrepiam. Se isto acontecer, não deite no chão; apenas se agache, curvando-se para a frente, colocando suas mãos nos joelhos e sua cabeça entre eles. Se houver um grupo de pessoas, elas devem se espalhar rapidamente.

6. Acompanhe os boletins do Instituto de Meteorologia pelos órgãos de imprensa (se possível).

6. Antes da temporada de tempestades, tenha um rádio portátil e uma lanterna com pilhas novas, confira sua lista de telefones de contato e de emergência, limpe seu quintal recolhendo objetos soltos, limpe e confira telhado, calhas e tubos de descarga, verifique seu para-raios (caso o tenha), e no momento da tempestade, recolha e proteja os animais, e se possível, não saia de casa (ou, se for o caso, vá para um local mais seguro). 

7. Tenha por perto capa de chuva e sapatos fortes, se for necessário sair.

8. Ouça o rádio portátil para saber do desenvolvimento da situação.

9. Se estiver ao ar livre, procure um abrigo seguro - longe de árvores. Se estiver dirigindo, pare num local elevado (livre de inundações), longe de árvores, redes elétricas e rios, e não saia do carro.
    
10. Não segure objetos longos, como vara de pescar, etc.

 

Trovão             Tipos de raios              Lendas e dúvidas              Raios              Casos

 


-----------------------------------------------------------------------------------------------------------


 

Fontes:

 

http://www.brasilescola.com/fisica/raios.htm
http://pt.wikipedia.org/wiki/Raio_%28meteorologia%29
http://pt.wikipedia.org/wiki/Rel%C3%A2mpago
http://en.wikipedia.org/wiki/Lightning
http://efisica.if.usp.br/eletricidade/basico/carga/raio_relampago/
http://www.igeduca.com.br/artigos/desvendamos-misterios/qual-a-diferenca-entre-raio-relampago-e-trovao.html
http://www.ufpa.br
http://www.ufrrj.br/institutos/it/de/acidentes/raios.htm
http://www.inpe.br/webelat/homepage/menu/relamp/relampagos/definicao.php
http://www.inpe.br/webelat/homepage/menu/relamp/relampagos/origem.php
http://www.inpe.br/webelat/homepage/menu/relamp/relampagos/historia.php
http://www.inpe.br/webelat/homepage/menu/relamp/relampagos/tipos.php
http://www.inpe.br/webelat/homepage/menu/relamp/relampagos/ocorrencia.na.

terra.php
http://www.inpe.br/webelat/homepage/menu/el.atm/mitos.php
http://earaios.vilabol.uol.com.br
http://www0.rio.rj.gov.br
http://www.inpe.br/webelat/homepage/menu/el.atm/perguntas.e.respostas.php
http://www.sbfisica.org.br
http://www.inpe.br/webelat/homepage/menu/el.atm/os.raios.e.a.origem.da.vida.php
http://www.inpe.br/webelat/homepage/menu/el.atm/ocorrencias.de.raios.-.outros.

planetas.php

 

 

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Reclamações? Dúvidas? Sugestões? Elogios? Envie sua mensagem preenchendo o formulário abaixo.

 

Note: Please fill out the fields marked with an asterisk.